Search Results For : Opinião

Gustavo Scarpa. Dá para sonhar com uma contratação deste nível em 2018?

Deu no Globoesporte.com: em parceria com Marcelo Hazan, o jornalista André Hernan divulgou nesta terça-feira o interesse do São Paulo em contar com os serviços do meia Gustavo Scarpa, estrela do meio-campo do Fluminense.

 

O interesse de fato existe e, chancelado pelo portal do Grupo Globo, é mais concreto ainda. Porém existem algumas situações que tornam a negociação complexa para as três partes. A principal é a vontade do clube carioca em negociar com o mercado brasileiro. Segundo especulações do meio do ano, o Fluminense havia recusado uma oferta de cerca de R$ 40 milhões do Fernerbahce e uma de oferta de R$ 20 milhões do Palmeiras na esperança de uma valorização maior para um clube mais abonado.

 

Gustavo Scarpa não se valorizou neste ano como o esperado e a sua situação é indefinida nas laranjeiras. Aí vai uma sugestão (não informação) de como o negócio poderia ser realizado: troca com troco com valor fixado por Lucas Fernandes. O meia Tricolor também tem ótimo potencial e, num clube como o Fluminense, jogaria como titular e poderia se desenvolver mais longe de sua casa. É interessante lembrar que Abel Braga, técnico do Flu, aprovou o sistema de troca de jogadores valorizados como Scarpa para reforçar o clube no ano que vem.

 

Vejo Scarpa como uma oportunidade. É um meio-campista que chega na área e finaliza a gol, porém não é um gênio da bola como muito se comenta. Para um clube que no meio do ano poderá perder atletas valiosos como Cueva e Hernanes, é uma interessante saída.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Pratto no Cruzeiro? “No, gracias!”

O Globoesporte.com noticiou a existência uma proposta oficial do Cruzeiro para Lucas Pratto, atacante do São Paulo. Mauro Lopes, procurador do jogador no mercado brasileiro, confirmou ao portal esse interesse, sem divulgar os valores oferecidos pelo clube mineiro.

 

Apesar da proposta oficial, duvido que o caso vá para frente. Além do interesse do jogador e do São Paulo na permanência no Morumbi, o terceiro envolvido é juntamente o Galo, maior rival cruzeirense. O Atlético Mineiro possui 50% dos direitos econômicos do atacante e a chance de uma liberação para o “inimigo íntimo” seria remota.

 

O Globoesporte.com noticiou até a suposta liberação de um jogador celeste como parte de pagamento pelo argentino. Aí vai uma sugestão: se nos bastidores a Raposa toparia ceder Arrascaeta ao Tricolor por Pratto, que tal ceder o mesmo Arrascaeta por Hudson, que ainda não teve sua situação resolvida?

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

A Dios, Diego Lugano!

“Jogador do presidente”. Foi assim que Marcelo Portugal Gouvea resumiu mais uma contratação duvidosa em outro período difícil da história do São Paulo. O jovem uruguaio vinha como aposta de Juan Figger para o mercado brasileiro e, naquela época, MPG (como era conhecido nosso presidente) sofria ataques em sua gestão, vencedora por uma pequena margem de votos.

 

As ofensas dos torcedores ao mandatário não eram tão intensas como nos dias de hoje, com as redes sociais funcionando muitas vezes como muro de lamentações ou descarga de raiva acumulada com outras frustrações próprias do ser humano. Mas Marcelo, mesmo entregando totalmente o futebol para seus diretores, no fundo sabia que aquele uruguaio poderia repetir a história de muito sucesso de outros compatriotas.

 

O presidente estava certo. Aliás, ele e Figger estavam. Lugano desenhou uma carreira linda em sua primeira passagem pelo Tricolor e conquistou em campo dois dos maiores títulos do clube: a Libertadores e o Mundial de 2005. O zagueiro ganhou o mundo jogando na França, Turquia, Suécia e foi capitão de seu selecionado nos maiores eventos do planeta. Esclarecido e com a essência uruguaia, Lugano jamais deixou de lado sua paixão pelo Tricolor. Voltou para o clube após apelos durante a despedida de um de seus melhores amigos do futebol (Rogério Ceni) e mesmo não atuando foi peça fundamental no posicionamento dos treinamentos e no dia a dia do elenco. Algo muitas vezes imperceptível para o torcedor mas de valor intangível para o clube.

 

Ídolo formado pela história no São Paulo, Lugano se despede do gramado do Morumbi sem entender tamanha idolatria por parte do torcedor. Eu entendo: craques são negociáveis, ídolos não. É algo muito maior que um punhado de categoria dentro de campo. É uma verdadeira empatia, uma troca sem troco, um acordo de paixão entre jogador e torcedor. Algo inegociável.

 

Lugano disse em um programa de TV que o amor um dia pode acabar mas a gratidão não acaba nunca. Ele está certo. Também sempre seremos gratos a aquele carrinho no Gerrard, aquela encarada no Tevez, o sangue que escorreu no manto sagrado, os dias de luta e os dias de glória. Convidado para fazer parte do clube após sua aposentadoria, ele ainda pensa se vai pendurar as chuteiras ou se gastará um pouco mais de lenha. Tenho certeza que este não deverá ser um “adiós” e sim uma transição.

 

Adiós e gracias, Lugano: um ídolo inegociável.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Renova, Militão!

São Paulo e representantes de Éder Militão (no centro da foto) estão em negociação para renovação de contrato. Sob olhares atentos da Juventus (ITA), o Tricolor tem interesse em prorrogar o vínculo do jogador, válido até o início de 2019, por mais quatro anos.

 

Como sempre, está nas mãos do jogador e de seus representantes. Militão deveria renovar porque teve a chance que todos da base gostariam e mostrou serviço, por isso é valorizado e querido pela torcida. Se renovar certamente será um dos pilares de 2018. Para mim foi o atleta que mais preparado estava e, deste modo, agarrou a oportunidade, mesmo que em uma posição que não é a sua.

 

Renova, Militão. O torcedor te reconhece e te adora.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Samba, bandeiras de mastro e novo bandeirão abrilhantarão a despedida Tricolor!

As torcidas organizadas do São Paulo também participarão da festa promovida em homenagem ao torcedor, neste domingo. Além do “Parque de Experiências” que será montado na Praça em frente ao estádio, os torcedores poderão ver apresentações das escolas de samba Independente Tricolor e Dragões da Real, pela primeira vez juntas na divisão especial do samba paulistano.

 

Além disso, depois de 22 anos de proibição, o torcedor poderá ver as bandeiras de mastro de bambu em um jogo oficial. Serão cerca de cinquenta bandeiras das principais organizadas do clube (Independente, Dragões e Falange) posicionadas na pista de atletismo antes do jogo, em uma festa digna do torcedor que tanto apoiou o time no pior momento da sua história. No intervalo, um bandeirão novo será estendido no gramado para apreciação de todos.

 

Com ingressos promocionais, experiências dentro e fora de campo e a colaboração pacífica dos torcedores organizados, penso que o São Paulo se consolida como o clube mais popular do estado, mesmo em um ano tão complicado. Isso é o nosso grande legado de 2017. Cobranças certamente existirão, como as realizadas na reunião de quarta-feira, mas para retomar o caminho de títulos e boa saúde financeira é preciso agir com ordem e intensidade certa, e não a favor da baderna e discórdia, últimamente utilizada entre os grupos políticos do São Paulo, sejam eles oposição ou situação.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

Leia a Carta aberta ao presidente Leco aqui.

Garanta seu lugar na ConfraTRInização 2017 no Morumbi aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.