Search Results For : Opinião

OPINIÃO São Paulo 0x2 Fluminense

Opinião da partida:

 

O que vimos na noite desta última quinta-feira no Morumbi foi mais uma traição a fé e devoção do torcedor são-paulino. É como se tivéssemos namorado uma menina ou um rapaz por anos, desde a adolescência, e fôssemos abandonados no dia do casamento, dentro da igreja, com a aliança na mão. Depois de um bom resultado, com três gols em Chapecó o que se viu mais uma vez no Cícero Pompeu de Toledo foi uma equipe estéril e desequilibrada, principalmente após os dois gols do ainda desesperado porém organizado e determinado adversário. Dizem que foi a melhor partida de Fernando Diniz… no comando do Fluminense! O São Paulo jogou muito mal coletivamente, com adendo de um sórdido detalhe: no segundo tempo, nos piores minutos da equipe em campo, tivemos a ‘escalação da torcida’, com Hernanes, Pato, Dani Alves e Pablo. Um desastre. A busca da vaga direta ainda é possível mas assistindo São Paulo e Grêmio, o adversário mais direto a vaga, vejo o mesmo filme do ano passado: recuperação dos gaúchos e pré-Liberta ao Tricolor. Parece continuação de Sexta-Feira 13, Halloween, Hora do Pesadelo… este último filme, o mais apropriado para os próximos jogos do Tricolor. Parabéns a todos os envolvidos!

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Alguns torcedores viram falha dele no primeiro gol carioca. Eu vi falha de Arboleda mas obviamente Volpi poderia ter se antecipado no lance, já que era bola parada. Nota: 5,5

Dani Alves – Se em Chapecó foi diretamente responsável pelo resultado, com uma assistência de bola parada no início da partida, nesta noite no Morumbi o primeiro gol foi diretamente culpa sua. Dono da falta que originou o primeiro tento do Flu, teve atuação decepcionante para seu tamanho no futebol. Nota: 3,0

Bruno Alves – A defesa hoje foi um terror. Perdido no segundo gol do Flu. Nota: 4,5

Arboleda – Depois da redenção em Chapecó, outro desastre. Falha nos gols do Fluminense. Nota: 3,0

Reinaldo – Assim como todo o time, sucumbiu após os gols e não conseguiu transformar boas subidas na esquerda em lances de perigo para a área do Fluminense. Nota: 4,0

Jucilei – O desastre no placar ocasionou a sua saída para a entrada de Hernanes. Partida regular. Nota: 5,0

Tchê Tchê – Mais uma vez uma porcaria na transição do meio-campo. Na segunda etapa foi recuado para que o São Paulo tivesse mais ímpeto ofensivo. Nota: 4,0

Liziero – A surpresa no meio-campo, não jogou mal mas está longe de ser o criativo que dá dinâmica no meio-campo deste São Paulo. Substituído no intervalo. Nota: 5,0

Vitor Bueno – O time todo foi mal e isso derrubou todos os jogadores, inclusive ele que estava cada dia mais se firmando na posição. Nota: 4,5

Pablo – Joga muito sozinho no ataque e não tem exatamente o perfil de bla aérea, muitas vezes a tônica das jogadas dos extremos da equipe. Precisa de um companheiro mais próximo a ele. Nota: 4,5

Antony – O menos pior da equipe. Pelo menos tentou alguns chutes a gol e, num deles ainda com o 0x0 no primeiro tempo, obrigou o irmão do Alisson e fazer uma senhora defesa. Ainda acho que joga longe da área. Seu jogo é mais no chão e ele está toda hora cortando e cruzando. Perde quase toda a sua característica. Será que ninguém no clube vê isso? Nota: 5,5

 

Hernanes – Pouquíssimo. Nota: 4,5

Alexandre Pato – Pouquíssimo. Nota: 4,5

Juanfran – Sua entrada liberou Dani Alves para a criação, sem resultado. Nota: 5,0

 

Fernando Diniz – Mesmo com o problema ofensivo de sempre, o time até estava fazendo uma partida mais ou menos, tentando chutes de longa distância e não dando chances ao adversário mas, numa bola parada e num contra-ataque, o castelo assustadoramente ruiu. Partida vexatória, sim. Não dá para perder desse jeito, com jogadores sem inspiração, sem determinação e sem sujar o calção no úmido gramado do Morumbi. Nota: 4,0

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Glória! Pablo está de volta…

O atacante Pablo será uma das surpresas para a próxima quinta-feira. O Tricolor enfrentará o Fluminense às 19h30, no Morumbi e a tendência é o centroavante ser novamente relacionado após liberação completa do departamento médico do clube.

 

Glória a Deus! Pablo precisa terminar o ano de bem com a torcida e se preparar muito para que 2020 seja completamente diferente deste ano. Grande contratação para 2019, o jogador infelizmente conviveu com muitas lesões e interrompeu a ótima fase que vinha desde os tempos de Athlético Paranaense.

 

A entrada de Pablo como referência no ataque também beneficiaria outro jogador, em baixa com o torcedor. Ele colocaria Alexandre Pato em sua posição preferencial, na lateral do campo. Pato vem sendo criticado pelas fracas atuações como centroavante e poderá melhorar o rendimento onde se sente melhor, dentro de campo.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Contrato com nova empresa de ST não prevê indenização por eventual fracasso

Um dos contratos postos em votação na última reunião do Conselho Deliberativo na última segunda-feira tratou do acordo com a nova empresa de gestão de Sócio Torcedor do clube. Barrado por 60 entre 110 conselheiros presentes, ele foi o estopim de mais uma tumultuada noite no Morumbi.

 

Segundo o Globoesporte.com, o principal ponto da discórdia foi a cláusula de rescisão de R$ 1,5 milhão estipulada pela FENG (Fan Engagement Marketing e Inteligência Ltda), empresa escolhida pelos diretores. Porém, tive acesso a uma outra cláusula discutida entre os presentes e, para mim, ela tem o conteúdo ainda mais temerário que a de rescisão. Segue ela:

 

Do objeto : 2.9 – “O presente contrato não estabelece qualquer garantia de êxito, lucro e/ou resultado ao SPFC, tampouco constitui qualquer direito de indenização pela FENG em virtude de não atingimento de meta e/ou expectativas de performance.” diz um dos termos do contrato.

 

Em outras palavras, o contrato diz que a empresa contratada será indenizada em caso de não cumprimento das responsabilidades do clube mas não se responsabilizará por eventual fracasso na execução do novo projeto. Um acordo ‘leonino’, na minha opinião. Se estamos pensando em profissionalizar o clube, não podemos aceitar este tipo de relação entre contratante e contratado. Se a meta não for atingida por negligência ou incompetência da FENG é claro que ela deveria ser responsabilizada pelo fracasso, assim como poderia ser contemplada com um lucro maior que o previsto, o chamado “bônus” por meta atingida. Se no mercado a coisa funciona assim, por que nos clubes ou no São Paulo seria diferente?

 

Os conselheiros estão certos em, no mínimo, questionar este tipo de acordo e os diretores tem a obrigação de responder por que o contrato foi criado nestes moldes. Porém, isso não aconteceu na reunião de segunda-feira e quem perde, mais uma vez, é a instituição. O atual programa de Sócio é falho e repleto de inadimplentes e, pelo cenário apresentado, não há expectativa de novidades.

 

Segundo notícia do conselheiro Newton Ferreira em seu Whatsapp, o contrato referente a consultoria do Sócio Torcedor não foi aprovado e retornou ao departamento de Marketing do clube, para renegociação de termos.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Jucilei foi injustiçado, mas merecia treinar separado para perder peso!

Jucilei falou em tom de desabafo em entrevista no CT da Barra Funda na manhã desta segunda-feira. O jogador disse que seu afastamento foi injusto e disse estar feliz em estar de volta ao dia a dia do clube que ainda tem dois anos de contrato.

 

“Fui afastado injustamente, pelo fato de eu não ser um cara baladeiro, por não ser um cara que chega atrasado. Geralmente você faz uma cagada dentro do clube e você é afastado. Mas não foi o meu caso. Daqui para frente agora é página virada. Estou muito feliz pela recepção dos jogadores, da diretoria, de todos. Desde a portaria ao presidente. Estou muito feliz” – disse ele aos veículos de imprensa.

 

Concordo com tudo que o volante disse mas não podemos nos esquecer de um fato: no período em que foi afastado, Jucilei estava extremamente fora de seu peso ideal e isso atrapalhava demais o seu desempenho em campo. Não era o monstro de outros momentos.

 

Jucilei não deveria ser afastado do CT e sim ter treinado duro e separado do elenco para recuperar a forma. Hoje, o volante se apresenta magro e aparentemente bem condicionado, fruto do bom trabalho paralelo com um personal trainer.

 

Para mim, condicionado, briga forte pela posição de primeiro volante.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Camisa comemorativa já foi usada em treino. Veja imagens e detalhes:

O São Paulo já treinou com a nova camisa comemorativa, que será lançada pela Adidas nesta segunda, dia 04/11/2019 em uma das lojas da marca, no Shopping Eldorado. O evento terá a presença de Daniel Alves, ocorrerá às 17h30 e a marca não divulgou abertamente como ocorrerá a entrada.

 

Valendo-se de outros eventos passados na mesma loja, colo o lançamento das linhas de jogo, presumo que o torcedor deverá reservar sua camisa para ter acesso a loja e a resenha do atual camisa dez do Tricolor.

 

A camisa, em um bonito tom de vermelho e com o mesmo grafismo usado pela seleção da Alemanha (também patrocinada pela marca), é referência aos 70 anos da empresa alemã. A Adidas também lançará modelos semelhantes para os outros grandes clubes com os quais tem contrato e o São Paulo faz parte deste seleto grupo.

 

A camisa custará R$ 199,99, o padrão dos uniformes de treino. O novo produto não será utilizado em jogos oficiais; apenas para aquecimento pré-jogo e treinos, como o de hoje no CT da Barra Funda. Veja imagens do fotógrafo Rummens:

 

 

Um detalhe que coincidentemente deixou a camisa ainda mais bonita foi o ‘espaço’ do grafismo. O escudo Tricolor se encaixou perfeitamente no vão entre as linhas gráficas, deixando o material com cara de que foi especialmente feito para o Tricolor.

 

Gostei da cor, da composição e do material, apesar do valor salgado e saber que é um template internacional. Combinou bem com o clube e creio que o torcedor irá gostar da novidade.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.