Search Results For : Opinião

Thomaz, Wellington Nem e Maicosuel brigam por uma vaga no 4-3-3 de Ceni

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo enfrenta o Vitória nesta quinta-feira as 19h30 no Morumbi.

 

Com desfalques dos selecionáveis e o confirmado retorno de Thiago Mendes, Rogério muito provavelmente armará a equipe no 4-3-3, com três zagueiros e três atacantes. Entre eles Lucas Pratto, a maior esperança de gols da noite.

 

Thomaz, Wellington Nem (que volta de longo período de recuperação) e a nova contratação Maicosuel brigam pela vaga de Luiz Araújo, já fora do clube. O primeiro fracassou como organizador de jogadas no meio mas pode ser válvula de escape pelos lados. O segundo foi uma das maiores contratações da temporada e sabe que está devendo futebol no Tricolor. Já o último chegou ‘ontem’, já está no BID e, por ter sido treinado por Carlinhos Neves, deve estar em condições físicas muito melhores que todo o elenco Tricolor.

 

A palavra final é de Ceni mas não ficarei em cima do muro: eu já colocaria Maicosuel na fogueira pelo simples fato de ser um “fator novo”. Geralmente o jogador quando é contratado chega muito motivado e corre por três nos primeiros dias, gerando mais competição entre os atletas. Com Maicosuel, Pratto e Marcinho (pelo lado direito), há esperança de gols no Morumbi, o maior alçapão do Campeonato de Pontos Corridos, segundo a ESPN Brasil.

 

Só falta chegar um novo meia, né diretoria?

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

E quem pagou o prejuízo que o zagueiro Lúcio deu dentro de campo?

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo ainda sofre com os prejuízos causados pela rescisão de contrato do ex-zagueiro Lúcio, em 2013. O ex-jogador ganhou o segundo processo movido contra o clube e o Tricolor terá que desembolsar cerca de R$ 185 mil reais por valores de direito de imagens não pagos na época de sua rescisão.

 

No total, Lúcio ganhou cerca de R$ 2 milhões após a rescisão, entre direitos de imagens não recebidos e custos dos processos. Se está no contrato, tem que receber mesmo, não tem jeito. Mas aí fica a questão: quem pagará o prejuízo dentro de campo que o zagueiro deu quando foi contratado até a saída do clube? Nos 32 jogos que esteve no Tricolor, Lúcio acumulou indisciplina e baixo rendimento, culminando com uma expulsão ridícula na primeira partida das oitavas de final da Libertadores de 2013, diante do Atlético Mineiro.

 

O jogador ficou seis meses afastado dos treinos com o elenco profissional, foi para o Palmeiras e ratificou a decadência, treinando em separado no rival antes de se transferir para o futebol da Índia. Ah, a pergunta colocada no post é fácil de ser respondida: o São Paulo pagou esse pato, assim como todos pagam por jogadores que não produzem aquilo que colocam no papel.

 

E ainda tem gente que fala que Lugano dá prejuízo…

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tudo certo: Maicosuel chega para disputar a vaga de Luiz Araújo!

Nação do Maior do Mundo;

 

Poucos detalhes de contrato separam Maicosuel do Tricolor.

 

O atacante, que fazia parte do elenco do Atlético Mineiro e também era ‘sonho antigo’ do clube, chega para disputar vaga no ataque que terá a saída de Luiz Araújo para o Lille. Caio Ribeiro, comentarista da Globo, deu a notícia em primeira mão.

 

Sobre contrato e valores: Maicosuel custará um milhão de euros aos cofres do São Paulo, valor completamente diferente do que vem sendo especulado nas redes sociais. O contrato será de três anos e o clube só passará a pagar as parcelas da compra no início de 2018.

 

Jogador rápido e de força física, vem para ajudar o elenco e tem grandes chances de se firmar no time titular, na vaga que atualmente é ocupada por Luiz Araújo, de saída para a França. A contratação faz parte do modelo de negócio procurado pelo clube: pagamentos alongados para não impactar a atual dívida.

 

Além de Maicosuel, o Tricolor está atrás de um zagueiro e um meio-campista.

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO: Ponte Preta 1×0 São Paulo

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo mais uma vez mostrou a extrema irregularidade que marca o time ao longo de toda essa temporada. A justa derrota para a Ponte Preta em Campinas impediu um bom avanço na tabela.

 

Apesar do bom primeiro tempo coletivo, com destaque para o esquema com três zagueiros e boas jogadas pelos lados do campo, o que marcou negativamente na partida foi a falta de reação do Tricolor após o gol marcado pelos donos da casa logo no início da segunda etapa. Com praticamente um tempo inteiro pela frente, a equipe sentiu bastante a falta de criatividade e de fôlego para buscar ao menos um ‘bom’ empate em Campinas. Uma decepção.

 

Rogério Ceni bem que tentou. Alterou o esquema, trocou peças e terminou o jogo com cinco atacantes de ofício: Pratto, Gilberto, Luiz Araújo, Marcinho e o estreante Léo Natel, lançado na fogueira nos últimos minutos. Porém, mesmo com tanto atacante, o Tricolor praticamente não chegou na meta de Aranha e mereceu voltar para a capital com a derrota.

 

É claro que a responsabilidade da derrota passa pelos jogadores dentro de campo, mas não é loucura dividir esse resultado com o departamento médico e também com os responsáveis pelo condicionamento físico dos atletas. O São Paulo está sem fôlego e hoje ficou sem o seu criador principal por uma situação praticamente amadora. Só para lembrar, por muito menos, diversos profissionais ‘top de linha’ foram dispensados do clube sob a alegação de “contenção de despesas e renovação de setor”.

 

Por essas e outras, o São Paulo não é um time de “meio de tabela” a toa. O próximo compromisso será no Morumbi, diante de outra equipe irregular: o Vitória. Neste caso, os três pontos são vitais para a manutenção de uma posição decente no Campeonato Brasileiro.

 

Nota dos personagens da partida:

 

Renan Ribeiro Pouco trabalhou. Sem culpa no gol. Nota: 6,0

Marcinho Bem no primeiro tempo. No segundo foi para o meio e apagou. Nota: 5,5

Maicon Bom primeiro tempo. Errou alguns lançamentos. Nota: 5,5

Rodrigo Caio Foi bem, mas foi o atleta que deu condições no gol. Nota: 5,0

Lucão Bem no primeiro tempo. Bem substituído na segunda etapa. Nota: 5,5

Junior O gol saiu em cruzamento do seu setor. Partida fraca. Nota: 4,0

Jucilei Caiu na segunda etapa mas mesmo assim foi um dos melhores. Nota: 6,0

Cícero Partida mediana durante os noventa minutos. Nota: 5,0

Thomaz Desperdiçou uma grande chance com pouco futebol. Nota: 4,0

Luiz Araújo Pareceu estar com a cabeça na França. Fraquíssimo no jogo. Nota: 4,5

Lucas Pratto Quando ele tem que buscar jogo, boa coisa não é. Nota: 5,0

Gilberto Veio para ser opção na área. Não conseguiu. Nota: 5,0

Bruno Entrou para compor a direita na mudança de sistema.Nota: 5,5

Léo Natel Sem nota.

Rogério Ceni A derrota passa menos por ele que pelo departamento físico e clínico do clube. Bom primeiro tempo. Com o gol, mudou o esquema e terminou o jogo com cinco atacantes. O time não respondeu. Nota: 6,0

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Boas chances de vitória em Campinas!

Nação do Maior do Mundo;

 

O São Paulo tem uma grande chance de conquistar a primeira vitória fora de casa neste domingo. O clube enfrentará uma ainda incompleta Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli e se vencer o jogo, embolará o pelotão de cima da tabela.

 

São vários os desfalques da Macaca. Fernando Bob, pivô de uma frustrada negociação com o Tricolor, não jogará. O volante ainda não se recuperou totalmente de uma lesão. Xuxa, rodado meio-campista que adora fazer gol no São Paulo, também está fora da partida. As novas contratações Negueba, Renato Cajá e o veterano zagueiro Rodrigo ainda não estão em condições de jogo e Emerson Sheik, uma das grandes contratações da temporada, estará no banco de reservas.

 

O Tricolor precisa aproveitar as ausências do mandante e conquistar pontos no Moisés Lucarelli, um local difícil de se jogar. A chance do clube repetir a escalação do Choque-rei em Campinas é grande e Luiz Araújo deverá fazer seu último jogo antes de se transferir para a França. Rogério Ceni ainda não terá Wellington Nem, Thiago Mendes, Wesley e Araruna, em fase final de recuperação. Os quatro estarão disponíveis para o jogo diante do Vitória no Morumbi.

 

Relacionados:

Goleiros: Renan Ribeiro e Denis
Laterais: Bruno, Edimar e Junior Tavares
Zagueiros: Rodrigo Caio, Lucão, Lugano, Douglas e Maicon
Volantes: Éder Militão, João Schmidt e Jucilei
Meias: Cícero, Cueva, Thomaz, Shaylon e Lucas Fernandes
Atacantes: Pratto, Luiz Araújo, Gilberto, Léo Natel e Marcinho

 

Gostou deste post? Clique em um dos banners e ajude o blog!

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.