E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Mercado

Desligamento do diretor Lugano do Tricolor foi bem conduzido

Diego Lugano não trabalha mais para o São Paulo FC. O desligamento foi anunciado pelo presidente Júlio Casares em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira no CT da Barra Funda.

 

“A relação dele terminou no ano passado, mas uma relação que terminou juridicamente. A relação como ídolo, como são-paulino, continuará. Ele nos ajudará com sua representatividade. Ele chegou pelo antigo presidente, hoje temos um novo time, com metas, propostas, mas o Lugano estará sempre no nosso foco, tive uma conversa com ele, um grande amigo, nos aconselharemos sempre que necessário. Ele, assim como o Raí, podem ser importantes para projetos de embaixadas, atuação no mercado sul-americano” – disse Casares nesta segunda-feira.

 

O uruguaio também se manifestou no seu Instagram. “Tudo na vida é transitório. Tive no São Paulo minha meia década de jogador, onde cresci como homem e profissional. Por último agora vivi no clube meus derradeiros anos como atleta e os primeiros numa função em que pude conhecer mais profundamente o “Universo São Paulo”. Sou muito grato a todos que conviveram comigo, dando-me a confiança e o amparo para exercer o novo ofício. Pois bem. O ciclo fechou-se, o nosso tricolor passa por um momento de transição administrativa, e, pelo meu lado, novos desafios e compromissos também me chamam. Vou modificar a primeira frase desta mensagem. Quase tudo na vida é transitório. As relações humanas, mesmo as mais distantes, podem eternizar-se. O carinho e o respeito que dou e recebo dos São-Paulinos certamente são para sempre.” – Escreveu Lugano.

 

Penso que a saída do ídolo Tricolor foi bem conduzida pela nova direção do clube. O tratamento com os ídolos em cargos diretivos ou técnicos é sempre preocupante por conta de desgaste com funções e pessoas da instituição. Temos exemplos da relação de Muricy e Ceni com o ex-presidente Leco que sempre recaem sobre os seus torcedores. No caso de Lugano, me parece que não houve traumas nem rusgas nesta saída.

 

Outro diretor que deverá sair após a atual temporada é Raí. O eterno camisa dez estendeu o prazo de seu trabalho até fim de fevereiro e, após o término da temporada 2020, irá tirar umas férias e depois resolverá seu futuro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo e Reinaldo iniciam tratativas para renovação de contrato

O contrato do lateral esquerdo Reinaldo com o São Paulo Futebol Clube se encerrará no último dia de dezembro. Mesmo assim, as duas partes já iniciaram conversas visando a extensão do vínculo.

 

Segundo o que eu apurei, apesar de algumas deficiências na parte defensiva e o número excessivo de amarelos por reclamação, o clube considera que Reinaldo oferece muito mais prós que contras para a instituição. O lateral esquerdo tem cinco assistências em vinte e cinco partidas do Brasileirão, o que o torna atualmente o melhor assistente do time. Além disso, Reinaldo é de fácil convívio e possui liderança no grupo de atletas.

 

Reinaldo também vê com bons olhos a permanência no Tricolor. Batedor de pênaltis oficial do elenco, o lateral está completamente ambientado no CT da Barra Funda e vem correspondendo tecnicamente nesta temporada. Vale lembrar que, além de Reinaldo, o São Paulo conta com Léo e o jovem Wellington, considerado a grande jóia para 2021.

 

Creio que não haverá nenhum exagero salarial de Reinaldo no novo vínculo. Deste modo, com vontade explícita entre as partes, a tendência é que a renovação de contrato entre o Tricolor e o seu lateral esquerdo titular seja conduzida com tranquilidade.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

São Paulo tem Galeano e mais três contratos vencendo até o fim de março

O São Paulo terá algumas situações contratuais de jogadores da equipe profissional a resolver até o final de março. O clube, agora em nova direção, anunciou oficialmente a volta de Muricy Ramalho, que desta vez trabalhará nos bastidores do futebol.

 

Os jogadores com contrato a definir são Juanfran, Rojas e Carneiro.

 

Juanfran teria o contrato finalizado no final de 2020 mas prorrogou o vínculo até o final da temporada, quando terminarão os jogos do Campeonato Brasileiro. Ainda não existe uma previsão de extensão de contrato mas o veterano espanhol declarou que só sairia do Tricolor com um título.

 

Já Joao Rojas, com contrato a vencer no mesmo dia de Juanfran (28 de fevereiro) ainda não realizou um jogo oficial desde a recuperação das sérias contusões nos dois joelhos. O atacante está a dois anos sem entrar em campo e, mesmo o Tricolor precisando de um jogador com suas características no elenco, sua presença na próxima temporada também é incerta.

 

Por fim, Gonzalo Carneiro com contrato terminando em 31 de março, muito provavelmente não deverá ter o contrato renovado. Isso se o presidente Júlio Casares cumprir a promessa de privilegiar a base do clube em detrimento a contratações para compor elenco. Gonzalo, que teve problemas com uso de cocaína, não se firmou no Tricolor desde que chegou e é pouco aproveitado por Fernando Diniz.

 

Além dos três jogadores citados do profissional, o clube terá que resolver a situação de Galeano, destaque do Sub20. O paraguaio tem vínculo apenas até o final deste mês e o Tricolor terá que desembolsar 500 mil dólares para ficar com o atacante em definitivo.

 

Curiosamente são quatro jogadores a serem definidos com urgência pela diretoria Tricolor são estrangeiros: Juanfran é espanhol, Rojas é equatoriano, Carneiro é uruguaio e Galeano é paraguaio.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

River Plate e São Paulo se acertam por Pratto, agora jogador do Feyenoord

O atacante Lucas Pratto, ex-São Paulo, foi anunciado como novo reforço do Feyenoord. O clube holandês anunciou o argentino do River Plate no primeiro dia do ano. Pratto volta a Europa depois de nove anos atuando na América do Sul. Sua última passagem no continente europeu foi no Genoa, na temporada 2011/2012.

 

Em 2018 o São Paulo vendeu Lucas Pratto ao River Plate por 11,5 milhões de euros (R$ 44,4 milhões na época), mais 3,5 milhões de euros (R$ 13,5 milhões na época) condicionados a metas em contrato. A venda foi parcelada e o River ainda devia uma parcela no valor de 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 11 milhões, em valores da época) pela compra do atacante. Inclusive, o São Paulo foi até a FIFA solicitar a quitação desta última parcela, além de multa de 15% referente ao atraso.

 

Segundo o que apurei, tanto a última parcela quando a multa de atraso foram quitados no mês de dezembro ao São Paulo. Portanto, depois de quase dois anos o Tricolor recebeu integralmente o que pediu ao River Plate pelo atacante argentino na época da negociação e hoje não há mais nenhuma pendência entre os dois clubes.

 

Contratado com impacto pelo Tricolor no início de 2017, Pratto balançou as redes apenas 14 vezes em 48 jogos, uma média de 0,29 gols por partida, considerada bem abaixo da expectativa. O argentino permaneceu somente em 2017, temporada que a equipe teve um desempenho pífio e chegou a lutar contra o rebaixamento No Campeonato Brasileiro.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Para 2021: um jogador de lado, de drible e de profundidade de campo!

A eliminação diante do Grêmio mostrou um São Paulo pouco capaz de fugir de um estilo de jogo que não o permitiu ter chances agudas de gol. O time ficou no caminho da Copa do Brasil sem chutar uma bola perigosa ao gol de Vanderlei, em pleno Morumbi.

 

Culpa do Fernando Diniz? Não. Desde o início do ano, o técnico Tricolor trabalhou no dia a dia um padrão de jogo com o que tem nas mãos que hoje é considerado por muitos profissionais  o melhor futebol praticado do Brasil. O São Paulo é líder do Campeonato Brasileiro e tem chances de título na competição de regularidade graças ao treinador que tem e a assimilação do elenco a proposta de jogo apresentada.

 

Porém, faltam opções de variação de jogo no plantel.

 

O São Paulo não possui atletas de qualidade para abrir o campo. São aqueles jogadores de beirada, com características de velocidade e drible, que quebram linhas adversárias. Por necessidade, o clube vendeu o que tinha (Antony) e os que estão atualmente no elenco, como Paulinho, Toró e Rojas, ainda não conseguiram suprir a demanda.

 

Para mim, é urgente a busca por esse perfil de jogador em 2021. Ou o clube puxa da sua própria base ou garimpa nomes no mercado da série A, B ou emergentes da América do Sul. Em Cotia, o clube conta com jogadores como Galeano, Kevin e Vitinho no time Sub20 dirigido pelo técnico Orlando Ribeiro. Uma ideia poderia ser pegar emprestado e recuperar Michael, esquecido no elenco do Flamengo. Outra ideia, ventilada neste fim de ano seria o uruguaio Nico López, porém inicialmente com alto custo. Enfim, é preciso ir atrás e viabilizar opções para o elenco.

 

Para 2011, eu investiria neste perfil de atleta.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.