Search Results For : Planejamento

Ajuste no planejamento e Cuca farão Tricolor mudar perfil de reforços

A eliminação precoce da Libertadores 2019 inevitavelmente modificará o planejamento Tricolor para a temporada. A não concretização da entrada na fase de grupos fez o clube deixar de ganhar receita prevista com bilheteria e premiação, obrigando-o a mudar o perfil de contratações para o ano.

 

O atual desvio de rota financeira coincide com a contratação de Cuca. Técnico especialista em trabalhos sob pressão e expert em montagem de elencos com budgets curtos, o novo técnico Tricolor deverá modificar o elenco e atuar, como ele mesmo disse em entrevista coletiva, nos mercados emergentes do futebol Brasileiro e internacional.

 

Lê-se mercado emergente tudo aquilo que está fora do ‘mainstream‘: medalhões e adjacências. Cuca deve trabalhar com dois perfis de atletas; aqueles que se encaixam com seu projeto de “família Tricolor” e jogadores acima das estatísticas porém sem grife. Foi assim que ele conseguiu fazer do Goiás de 2003 uma vitrine para a vinda ao São Paulo. Com Cuca veio Grafite, Cicinho, Fabão, Danilo e outros atletas fora do circuito nobre do futebol, mas dentro do perfil traçado acima. Emergentes e ‘de família’.

 

Portanto, a tendência é que os reforços sejam ou ‘ex-familiares’ do técnico (Guerra, Roger Guedes, Fabiano e similares) e atletas que se destacam em clubes medianos do Brasil. Este é o perfil de Cuca e esta é a realidade do clube: gente que corra pelo técnico e pelo companheiro. Cenas dos próximos capítulos…

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Com Cuca, Diego Souza poderá ter chance de recuperar seu futebol

O centroavante Diego Souza é atualmente um dos jogadores mais contestados do São Paulo. Alvo de críticas da torcida pela forma física, o atleta terá a grande chance de se recuperar com um técnico que acredita no seu futebol: Cuca.

 

É o que acredita o jornalista esportivo Marcello Lima. Ex-setorista do São Paulo de Cuca na época em que trabalhava na Jovem Pan, Lima esteve comigo em uma live (Facebook) promovida pelo São Paulo Raíz na note desta última terça-feira que falou sobre o Tricolor, causas e futuro, no Bar Titular. Na live, o jornalista lembrou que o novo técnico do São Paulo havia pedido Diego Souza no Palmeiras em 2017, quando dirigiu o rival. Na época, jogando pelo Sport, Diego Souza permaneceu em Recife.

 

De volta ao Tricolor, Cuca se encontrará com um dos jogadores que mais queria trabalhar na época de Palmeiras. Caso ainda queira contar com Diego Souza, o principal objetivo do treinador será condicionar físico e psicologicamente o atacante. Missão difícil mas, conversando com Lima, amigo de longa data desde as épocas de faculdade de comunicação na FIAM, chegamos a conclusão que finalmente desde a saída de Muricy do Tricolor, o clube volta a contar com um técnico de ponta que sabe administrar situações difíceis de elenco.

 

Quem quiser acompanhar Marcello Lima, atualmente o jornalista trabalha em um novo e ousado projeto da 97FM: as transmissões de jogos do “Estádio 97”, um dos programas de maior audiência da rádio brasileira.

 

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Mancini avisa: seu trabalho de transição não terá ‘dedo’ de Cuca

O técnico interino Vagner Mancini concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira. Entre os assuntos comentados, o treinador que fará a ‘ponte’ entre Jardine e Cuca disse que o seu trabalho de transição não terá o dedo de Cuca, futuro técnico do São Paulo.

 

“Só a partir do momento que ele chegar. Temos coisas em comum, enxergamos o futebol de maneira semelhante. Ninguém copia ninguém. A essência de cada um tem que ser a parte principal de cada pessoa. A partir do momento que o Cuca tiver aqui ele com certeza vai alterar alguma coisa.” – Disse Mancini no CT da Barra Funda.

 

A declaração, pelo menos oficialmente, desmente a história de que Cuca já estaria promovendo mudanças no time. Também cai a tona a lenda urbana do futuro técnico comandar o clube “por whatsapp”. Porém, Mancini afirmou que a sua independência em treinar o São Paulo neste momento não quer dizer que não haverá troca de informações com o futuro técnico.

 

“Isso não quer dizer que nós não vamos nos escutar. Dirigir de longe é uma coisa difícil. Eu gostaria muito que ele estivesse aqui, mas acredito que isso não seja possível” – completou Mancini.

 

O interino não tratará sobre reforços, ficando com a direção a responsabilidade sobre a contratação de novos jogadores. Mancini considera o elenco bom e montado, mas que precisa jogar muito mais do que está jogando neste ano. “Com o elenco que nós temos, temos que melhorar.” – finalizou.

 

Ainda não se sabe se a comissão técnica de Cuca se antecipará ao futuro treinador e iniciará as atividades no CT da Barra Funda. Porém, tudo indica que ‘Cuquinha & Cia” só iniciarão em abril, ao lado do novo técnico.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Autor do elenco campeão de 2005, Cuca é o cara certo para o São Paulo!

Leco e Raí concederam entrevista coletiva nesta quinta-feira a tarde. O presidente do São Paulo reconheceu que, apesar de confiar no potencial do treinador, Jardine não deu certo neste momento do clube. Ele e Raí confirmaram o retorno de Cuca para dia 15 de abril e contrato até o final de 2020.

 

Até lá Mancini será a ponte entre Jardine e o novo treinador, conforme antecipou o blog. Leco disse que Cuca recebeu a proposta com muita alegria. Tanto ele como Raí reconheceram o erro e falta de planejamento.

 

Acerto! Entre os disponíveis no mercado, Cuca é de longe o homem mais adequado para reconduzir o clube as vitórias e títulos, mesmo disponível só em abril. Idealizador do elenco campeão de 2005 (foi ele que trouxe Josué, Mineiro, Danilo, Cicinho, Grafite entre outros) o catarinense vem com bagagem de sobra para a grande responsabilidade.

 

Apenas uma curiosidade. Há muito tempo o São Paulo não recorria a um técnico brasileiro de ponta para treinar o clube. O último foi Muricy, em 2013.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Coordenador Vagner Mancini seria a “ponte” entre André Jardine e Cuca

Cuca é o nome preferido da diretoria Tricolor para assumir o comando técnico do clube em lugar de André Jardine. Porém, por recomendações médicas, o treinador só poderia assumir o cargo em alguns meses, provavelmente no início do Campeonato Brasileiro.

 

Até lá, se quiser de fato contar com Cuca, o São Paulo precisaria de um interino entre o atual técnico e o pretendido. Vagner Mancini, atual coordenador técnico do clube, seria essa ‘ponte’. Contratado para a função que era de Ricardo Rocha, Mancini seria opção diante das circunstâncias e poderia assumir comando técnico já na próxima partida, diante do Corinthians, em Itaquera.

 

A definição sobre o futuro de André Jardine no São Paulo provavelmente sairá nesta quinta-feira porém a probabilidade do Tricolor contar com o atual técnico para o Majestoso de domingo é muito pequena.

 

Aguardamos os próximos capítulos.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.