Search Results For : Temporada 2019

OPINIÃO São Paulo 4×0 Chapecoense

Enfim, uma vitória maiúscula no Morumbi. Com uma atuação de tirar o fôlego no segundo tempo, o Tricolor bateu a Chapecoense em casa, saltou sete casas na tabela e, de quebra, fez as pazes com a vitória no Campeonato Brasileiro. Eram seis incômodas partidas sem vencer na competição.

 

Quem só viu o placar não imagina a dificuldade que o Tricolor teve para construir a vitória. O time contou com um pouco de sorte e uma boa dose de ousadia de seu técnico para mudar o tenebroso cenário que se desenhava no intervalo da partida. O setor ofensivo embolou muito nos primeiros quarenta e cinco minutos e não conseguiu encaixar o jogo diante de um adversário que tradicionalmente não costuma lhe dar mole. Teve momentos que parecia que o time não se conhecia.

 

Já na segunda etapa, a mudança que determinou os três pontos: ao tirar Luan e Pato, recuar Tchê Tchê e deixar o ataque com quatro homens, Cuca colocou sua cabeça a prêmio em nome da vitória e desta vez deu certo. Com uma dose de sorte no reinício da partida, um jogo vertical e três gols em menos de doze minutos, o Tricolor liquidou a parada e pôde jogar aliviado, tendo enfim o torcedor ao seu lado. Sobraram sorrisos no Cícero Pompeu de Toledo. Sorrisos de alívio, de alegria e de esperança em uma equipe mais coesa e competitiva.

 

É um placar para comemorar. Fazia tempo que não enfiávamos quatro gols no Morumbi. A última vez foi num clássico contra o Corinthians em novembro de 2016, quando ainda tínhamos Cueva, David Neres e Luiz Araújo. Mais que os três preciosíssimos pontos, o torcedor viu uma atuação convincente, que dá uma carga de ânimo para a próxima partida contra o Fluminense, no Rio de Janeiro.

 

Dá para pensar em uma vitória no Maracanã. Sem menosprezar o adversário, acho que o jogo vertical do ataque Tricolor vai encaixar bem com o Fluminense de Fernando Diniz. Estaremos na Cidade Maravilhosa apoiando o Tricolor Paulista. Que venha o sábado!

 

Nota dos personagens da partida:

 

Tiago Volpi – Partida de gala com duas excelentes defesas. Nota: 8,0
Igor Vinícius – Boa partida, com destaque no setor ofensivo. Nota: 7,0
Bruno Alves – Manteve a boa pegada na defesa. Nota: 6,0
Arboleda – Ótimas intervenções no jogo. Nota: 6,5
Reinaldo – Boa partida, marcando e apoiando. Nota: 6,5
Luan – Boa partida na marcação. Saiu no primeiro tempo. Nota: 6,5
Tchê Tchê – Teve mais importância na segunda etapa. Nota: 6,5
Hernanes – Ainda não atingiu o seu melhor desempenho. Nota: 6,5
Pato – Não foi bem no primeiro tempo e deu lugar a Toró. Nota: 5,5
Antony – Esforçado, fez seu primeiro gol no Morumbi. Nota: 8,0
Raniel – Se redimiu do gol perdido no clássico. Nota: 7,5

 

Everton –  Um dos melhores em campo. Duas assistências. Nota: 8,0
Toró – Entrou aceso e fez um golaço. Nota: 8,0
Vitor Bueno – Premiado com o primeiro gol com a camisa Tricolor. Nota: 7,5

 

Cuca – Partida convincente. Mexida providencial e vitória merecida. Nota: 9,0

 

Torcida – Mais de 35 mil pessoas numa segunda-feira de trânsito caótico na cidade de São Paulo. Essa é a torcida do São Paulo que eu conheço: apaixonada, vibrante e presente. Nota DEZ!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Cuca mudará ataque para a partida diante da Chape. Comente a escalação:

São Paulo e Chapecoense se enfrentarão nesta segunda-feira às 20h, no Morumbi. O jogo encerrará a 11ª rodada do Brasileirão e, se vencer, o Tricolor subirá sete posições, chegando a quinta colocação do torneio. Mais de dezessete mil ingressos foram vendidos antecipadamente.

 

O técnico Cuca só terá um titular ausente no jogo, o atacante Pablo. Por isso, Raniel deverá ganhar sua primeira chance integral para mostrar ao torcedor o futebol que fez o clube optar por sua contratação. Com uma semana cheia de treinos, o centroavante ex-Cruzeiro está mais entrosado com seus novos companheiros. Pelo desenho da partida, Pato e Antony também devem ter funções defensivas abrandadas e ajudar mais o ataque, diferente da atuação no clássico diante do Palmeiras.

 

Além do novo ataque, composto por Pato na esquerda, Antony na direita e Raniel centralizado, o técnico deverá manter as novas posições de Arboleda e Bruno Alves. Cuca inverteu os zagueiros diante do Palmeiras e deve permanecer com a mudança, pensando em uma saída de bola com mais qualidade.

 

Deste modo, o São Paulo que enfrentará a Chape nesta segunda será formado por: Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo. Luan, Tchê Tchê e Hernanes. Pato, Raniel e Antony.

 

Seria esta a escalação ideal para o momento? Comente!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Jean e Gabriel Sara: destaques do Tricolor em jogo-treino no CT

O São Paulo realizou um jogo-treino na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda. O adversário foi o Votuporanguense, clube do oeste do estado que atualmente disputa a série A2 do Campeonato Paulista.

 

Para a partida, Cuca só contou com os atletas que não atuaram os noventa minutos diante do Palmeiras no último sábado e alguns atletas da base. O Tricolor venceu o jogo por 2×0 com gols de Vítor Bueno e Diego mas os destaques foram o goleiro Jean e o meia Gabriel Sara.

 

Jean foi responsável por manter o São Paulo sem tomar gols no jogo-treino. Já Gabriel Sara foi um dos mais participativos, finalizando muito a gol. Só na segunda etapa, o goleiro do Votuporanguense praticou três boas defesas de chutes do ex-base. A comissão técnica também observou jogadores que ainda estão no CFA de Cotia. Um deles é o promissor Rodrigo Nestor.

 

Nesta quarta, Cuca ainda comanda treino com os titulares. O São Paulo enfrentará a Chapecoense na próxima segunda-feira, no Morumbi e os ingressos já estão à disposição para o Sócio Torcedor.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Diante da Chape, Cuca deve abrandar função defensiva dos atacantes

Vários torcedores que assistiram o clássico do último sábado repararam no menor comparecimento ao ataque de Antony e Alexandre Pato. Contra o Palmeiras, eles também tiveram funções defensivas específicas: ambos acompanharam os laterais alviverdes durante boa parte da partida, ou melhor, até onde tiveram pernas.

 

O resultado da estratégia foi uma partida mais segura do que se esperava contra o líder invicto do Brasileirão, porém um resultado ruim em se tratando de um jogo dentro do Morumbi. Na próxima segunda-feira o São Paulo enfrentará a Chapecoense novamente no seu estádio e a expectativa é que tanto Pato como Antony tenham suas funções defensivas abrandadas. Isso é, que contribuam muito mais ofensivamente.

 

É isso que eu espero de Cuca e sua equipe. A ‘tal evolução’ citada após o empate só será de fato confirmada com uma boa atuação ofensiva e principalmente uma vitória diante do décimo oitavo colocado da competição. Para isso é preciso que Cuca invista mais no ataque e o time como um todo tenha eficiência ofensiva e não somente os atacantes.

 

Os três pontos são essenciais, mas eles só virão um jogo agressivo e eficaz.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Ultimamente nada é ‘simples’ no departamento médico do São Paulo

O Reffis do Tricolor terá o retorno de Pablo. O camisa nove sofreu uma lesão nos ligamentos do tornozelo direito no clássico contra o Palmeiras, no último sábado, no Morumbi e deverá ficar cerca de um mês fora dos gramados.

 

A avaliação do departamento médico e fisioterápico do clube não aponta a necessidade de cirurgia. Menos mal se revermos o modo como ele deixou o campo porém ultimamente nada parece ser ‘simples’ no CT da Barra Funda. Basta lembrar que o próprio Pablo ficou de fora de importantes compromissos por um problema na panturrilha e, após diagnóstico, um cisto na região lombar. Boa recuperação a ele.

 

Outro que custa a voltar a campo é Joao Rojas. Contundido gravemente no joelho em outubro do ano passado, o atleta realizou a cirurgia de reconstrução dos ligamentos do tendão patelar do joelho direito e agora passará por um procedimento também considerado simples pelo departamento médico: a retirada de um ponto do joelho direito que causa dor ao atleta. Pelo visto a previsão de volta do equatoriano deverá se estender novamente.

 

Outro que está no Reffis é Liziero. Machucado no tornozelo desde o jogo contra o Bahia pela Copa do Brasil, o jogador não voltou com o elenco no retorno do Brasileirão mas está em fase final de recuperação. Outra lesão nada simples.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.