E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2020

Provável time da estreia tem uma única exceção “Made in Cotia”. Comente:

Fernando Diniz não divulga o time que estreia no Campeonato na quarta-feira diante do Água Santa, no Morumbi mas, tomando como base os treinamentos desde a apresentação, a equipe será composta principalmente por jogadores experientes.

 

Sem Igor Gomes e Antony, na seleção, o São Paulo deve iniciar a temporada com Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Dani Alves e Hernanes; Vítor Bueno, Helinho e Pablo.

 

Tchê Tchê, Hernanes e Dani Alves devem formar o triângulo do meio-campo, ora com descidas do Profeta, ora com descidas do Good Crazy. A defesa também é bem experiente, com a dupla de zaga menos vazada do Brasileirão, acrescidas de Reinaldo e Juanfran.

 

Helinho é a ‘exceção Made in Cotia’ no meio dos veteranos. Ao lado de Pablo e Vítor Bueno (que inicia o ano ganhando de Pato no lado direito), o jovem tenta novamente focar o seu trabalho num melhor rendimento. Ano passado teve chances e não confirmou a rápida ascensão que se esperava.

 

O torcedor espera que o São Paulo faça um bom estadual, principalmente em relação a pontos conquistados, para que leve vantagem nas fases agudas da competição. É preciso fazer valer a vantagem da permanência quase total do elenco neste início de ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Diniz treina ‘triângulo’ experiente no meio para a estreia no Paulista 2020

Os primeiros treinamentos do São Paulo na temporada apontam um meio-campo experiente, com Tchê, Tchê, Hernanes e Dani Alves. Este ‘triângulo’ criado por Fernando Diniz no momento não compõe Igor Gomes, atualmente na seleção.

 

A ideia é que Tchê Tchê, volante com fôlego para dois ou até tempos de jogo, fique na saída de bola. Deste modo, Hernanes seria o segundo volante, dando mais liberdade a Dani Alves na articulação das jogadas e chegada na área. Vale lembrar que o Profeta, quando chegou no Tricolor, disse ter preferência em jogar mais adiantado, mas deve jogar em uma posição muito conhecida do torcedor, em tempos de glórias do Tricampeonato Brasileiro com Muricy.

 

Será preciso ter paciência nos primeiros jogos, onde a preparação ainda não está nos cascos e os adversários vem mais inteiros fisicamente por se prepararem desde o ano passado para o Estadual. Diniz também prepara Shaylon para eventualmente entrar no lugar de Hernanes ou Dani Alves, veteranos que precisarão de dosagem de energia nestes primeiros instantes de temporada. Liziero e Luan também estão à disposição do treinador.

 

Com o triângulo, o meio-campo perde em mobilidade e vigor mas sobra em experiência. Neste momento creio ser o ideal para o início do Paulista e para a preparação para a primeira fase de grupos da Libertadores.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Um recomeço para Jean

Jean já tem destino certo em 2020: o goleiro, envolvido em um caso de agressão a esposa durante as férias, foi emprestado ao Atlético-GO e já está se encontra em Goiânia para iniciar os treinamentos junto ao novo clube.

 

O goleiro tem contrato com o São Paulo até 2022 e, caso rescindisse o vínculo sem justa causa, o clube teria de arcar com a multa do contrato. A saída foi o empréstimo, já que o goleiro não jogaria mais no Tricolor.

 

Jean tem que dar graças a Deus de ter um recomeço no Brasil, amparado pelo presidente do Dragão, Adson Batista. “Entendemos que é um grande atleta e que merece ter uma nova oportunidade na vida. Todos nós erramos, mas vamos dar o respaldo a ele.” – disse ao Globoesporte.com

 

Jean ainda passará por todo o processo que envolve a sua atitude em Orlando, mesmo que sua esposa não queira mais apresentar queixa, com grandes possibilidades de pagar uma pena que só cabe a justiça julgar. Que o caso sirva de exemplo para todos que creem que a violência é saída para resolver conflitos de qualquer natureza.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Luan zagueiro e Tchê Tchê lateral: Diniz treina atletas ‘multifunção’ no elenco

Quem observou o treino desta segunda-feira percebeu um treino tático com algumas variações. Em algumas situações do treino, Tchê Tche treinou funções de lateral, ao lado de Dani Alves, Juanfran e Igor Vinícius, e em outra situação, o volante Luan atuou como zagueiro.

 

A função não é estranha a Tchê Tchê. Em 2018, diversas vezes ele fez as vezes de lateral sob o comando de Cuca. Já a ideia de Luan também não é tão inédita assim. O jogador chegou a ser recuado no final do ano passado, sob o comando do próprio Diniz.

 

Não, a tendência não é termos os dois exercendo as funções como titulares mas sim amplificar o leque de jogadas em situações onde possam acontecer expulsões ou dificuldades táticas. Dois exemplos recentes de atletas ‘multifunção’ foram Richarlyson e Thiago Mendes. Na base há um atleta com essas características: o jovem Diego.

 

São situações importantes, que servem para uma boa pré-temporada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Juanfran e Igor Vinicius: os dois titulares da lateral direita Tricolor!

O segundo dia de treinos no Centro de Formação de Atletas foi marcado por bastante cumprimentos ao lateral direito Juanfran. O espanhol completa 35 anos nesta quinta-feira com muito carisma e um certo ‘algo a provar’ pessoal.

 

Com rodagem na seleção espanhola e bastante prestígio no clube que o projetou no cenário internacional, Juanfran faz parte de um setor há tempos muito carente no Tricolor. Hoje em dia a lateral direita é servida por ele e Igor Vinícius; dois atletas com idades e estilos diferentes. O veterano compõe melhor a linha de quatro defensores e, apesar de não fazer o corredor constantemente, sobre em momentos oportunos. Conhece os atalhos. Já Igor, recém comprado do Ituano, é velocista e muito promissor.

 

Quem ganha com os dois perfis é Fernando Diniz. O treinador tem como montar ou variar taticamente o jogo, de acordo com o resultado ou a necessidade dele. Mesmo assim, vejo nas redes sociais e em grupos de whatsapp gente que torce o nariz para o veterano. Penso que Juanfran ajuda além das boas participações nos jogos. É referência de currículo e conduta. O valor agregado compensa. As condecorações que recebeu em dezembro no estádio do Atlético de Madrid mostram a dimensão do jogador que temos passando por aqui. Detalhe: não está a passeio.

 

Penso que Juanfran e Igor Vinicius se alternarão durante a temporada, ora pelo estilo, ora por eventuais ausências por contusão ou cartão. São dois titulares. Dani Alves, o lateral da seleção, deve consolidar o jogo mais adiantado, na segunda linha. É o que já fazia desde os tempos de Barcelona.

 

Finalmente, há esperança no lado direito. Feliz cumple, Juanfran!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.