E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2020

Pelos números, São Paulo acerta em contratar fisiologista ex-Santos

O São Paulo começou uma grande reestruturação na sua área de saúde. O clube demitiu quatro integrantes da comissão técnica. Entre os demitidos está o fisiologista Marco Aurélio Melo, substituído por Luís Fernando de Barros, ex-Santos FC.

 

Pelos números, a escolha foi acertada. Vice-líder do Brasileirão 2019, o Peixe foi o primeiro no quesito menos baixas para o DM de todo o campeonato, com apenas 18 baixas no DM. Com 48 baixas, o São Paulo sofreu durante todo o ano e só teve menos baixas que o Corinthians (49) e a Chapecoense (69), rebaixada para a série B. O fisiologista esportivo estuda o funcionamento do organismo de cada atleta, afim de prever lesões.

 

Mais um fato a favor da contratação de Luís Fernando de Barros: ele é filho do Dr. Turíbio Leite de Barros, um dos maiores nomes da fisiologia esportiva, tendo trabalhado no São Paulo durante 25 anos. Na minha opinião, Turíbio fora demitido de maneira inexplicável em 2010. Naquela época, a ordem foi ‘revitalizar’ os setores.

 

Rever a infra-estrutura pessoal no CT da Barra Funda é uma das exigências da torcida. Em 2019 o Tricolor sofreu muito com a forma de Alexandre Pato e Hernanes, dois atletas contratados para ‘resolver’ o futebol do time, além deles, Pablo teve um ano decepcionante no quesito clínico. O centroavante passou mais tempo no DM que no gramados.

 

Apesar da troca profunda (veja mais na matéria do Globoesporte.com) o clube não descarta novas contratações, rechaça influência política nas saídas dos profissionais e não associa as mudanças ao número de lesões no ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Lugano é sensato em defender continuidade no projeto do futebol

Diego Lugano deu uma entrevista exclusiva importante para o Portal UOL. Entre outros assuntos, o ídolo de 2005 valorizou muito a permanência de Raí e Fernando Diniz no futebol e criticou aquilo que considera uma “histeria por mudanças” no departamento.

 

“Já ficou provado aqui dentro do São Paulo que ficar com mudanças seguidas, sempre guiadas por histeria, não muda nada. (sic) Temos que mudar a mentalidade e estabilizar um projeto. Já se trocou demais aqui. Essa histeria do clube e do torcedor já influenciou muito, agora precisamos dar sequência, acreditar nisso e ir em frente. Cuidar dos processos e ver o que dá certo, corrigindo o que não der. Não é fórmula exata, claro. Pode não dar certo. Mas o que realmente não dá certo é levar em conta sempre a histeria de mudança”, disse o superintendente de relações institucionais.

 

Lugano considera o atual elenco o melhor do São Paulo nos últimos anos, valoriza a personalidade dos jogadores e vê um trabalho positivo em andamento. “Tem muita coisa que está bem feita, mas que até que sejamos campeões não serão visíveis.” – comentou o uruguaio para o Portal.

 

É muito importante ouvir uma pessoa tão esclarecida como Lugano que, além de ídolo dentro de campo, tem uma conduta elogiável fora dele. Eu ainda não vi muita mudança de Cuca para Fernando Diniz mas, após pedir uma revisão na comissão técnica para 2020, resolvi fechar com Diniz para 2020 por dois motivos: o primeiro é que os jogadores estão unidos em torno do técnico e seu pensamento de jogo, assumindo em conjunto a responsabilidade pela permanência. Segundo pelos motivos apresentados pelo próprio Lugano. Não dá para ficar mudando toda hora.

 

“Depois de muito tempo o São Paulo tem uma continuidade na tomada de decisões. Uma linha de gestão. Uma sequencia de decisões é o que torna um projeto efetivo. Tivemos uma curva de aprendizado, que todos têm, ainda mais em um mundo tão emotivo e cheio de pressão. O São Paulo fica mais perto de ganhar algo importante assim, porque minimizamos erros. Não vamos começar tudo de novo, de novo. Não vamos passar pela curva do aprendizado de novo. Agora é menos provável que dê errado.” – Complementou ele ao Portal.

 

Leia a rica entrevista no Portal UOL aqui.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Despesas e saídas de atletas ditarão movimentação Tricolor no mercado

O São Paulo começou a se movimentar no mercado, visando montar seu plantel para a temporada 2020. Apesar da 6ª colocação no Campeonato Brasileiro, que lhe rendeu uma vaga na fase de grupo da Libertadores e uma premiação de R$ 24,7 milhões, a equipe paulista não terá muito dinheiro para investir em reforços. Vamos entender os motivos.

 

Na lista de despesas para a próxima temporada, estão os aumentos salariais de Pato e Daniel Alves. Caso queira manter Tiago Volpi para 2020, o São Paulo ainda terá que comprar o jogador em definitivo junto ao Querétaro.

 

O atacante Pato recebeu aproximadamente R$ 190 mil por mês entre abril e dezembro deste ano. A partir de 2020, o atacante passará a ter um salário de aproximadamente R$ 700 mil, um aumento de quase R$ 500 mil mensais na folha. É mais um custo que o Tricolor terá que arcar no ano que vem.

 

Daniel Alves receberá um salário de aproximadamente R$ 500 mil até o final de abril de 2020. A partir maio de 2020, o jogador começará a receber pelas luvas, bônus e acordo pelos direitos de imagem. No total, o valor pode chegar a cerca de R$ 1,5 milhão por mês. O clube não considera esse valor definitivo, pois acredita que conseguirá parceiros para amortizar o número.

 

O São Paulo ainda não definiu a compra de Tiago Volpi em definitivo mas, segundo o que apurei, o negócio está fechado. O goleiro está emprestado ao clube paulista até o fim de dezembro pelo Querétaro, do México, e tem desejo de permanecer no Morumbi. O Tricolor tem uma opção de compra fixada em US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 21 milhões). Caso decida pela compra, terá de pagar 50% do valor à vista, até 31 de dezembro, e os outros 50% divididos em parcelas durante 2020.

 

Para cobrir todas essas despesas, a ideia da diretoria é receber pelo menos R$ 80 milhões até o fim de dezembro com vendas e novas receitas. Os nomes mais cotados para sair do clube são Antony e Liziero, com uma chance de saída para Arboleda. O que também pode ajudar o Tricolor é a parceria firmada nos últimos meses com uma casa de apostas online, que irá exibir sua marca na barra traseira dos shorts da equipe até o final de 2020. A tendência é que o investimento dessas casas de apostas no futebol brasileiro só aumente nos próximos anos, devido à rápida popularização das apostas online no país. Para se ter uma ideia, 10 dos 20 clubes que disputaram a Série A do Campeonato Brasileiro de 2019 foram patrocinados por sites de apostas.

 

Para tentar melhorar o nível do elenco, a expectativa é que o Tricolor busque jogadores pontuais no mercado e aposte no entrosamento e entendimento de jogo. Entre os clubes grandes do estado, Fernando Diniz é o único técnico que permaneceu de 2019 para 2020, o que em tese dá ao Tricolor uma ligeira vantagem na pré-temporada, mas será preciso qualificar o plantel, principalmente no ataque. O calendário do ano que vem será cheio, com as disputas da Copa Libertadores, Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

 

O torcedor são-paulino que pretende adicionar um pouco mais de emoção ao acompanhar as partidas do Tricolor na próxima temporada, pode escolher um site de apostas online, se divertir e ainda lucrar com as vitórias da equipe. Fizemos uma lista de sites com as principais características de cada um, respondendo as principais dúvidas sobre as casas de apostas online. As opções de apostas oferecidas para cada partida são inúmeras e esta é a grande tendência para o ano que vem.

 

Vale a pena conferir.

 

Post desenvolvido em parceria com o portal https://sitedeapostas.com

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

O lado financeiro e o lado esportivo da troca Raniel por Vítor Bueno

São Paulo e Santos consolidaram uma troca ‘surpresa’ na noite desta quarta-feira. Sem o conhecimento prévio da imprensa, os clubes trocaram seus atletas, mantendo 50% dos respectivos direitos econômicos. Raniel assinará com o Santos por quatro temporadas, o mesmo tempo de contrato que Vítor Bueno terá com o Tricolor.

 

A troca tem um lado esportivo e um lado financeiro. Analisaremos as duas.

 

O lado esportivo da troca Raniel x Vítor Bueno:

O São Paulo ganhou na troca. No acordo de empréstimo entre os clubes, uma futura compra de Vítor Bueno estava fixada de 12 milhões de euros (cerca de R$ 46 milhões) pelo Santos. O São Paulo ‘deu’ Raniel em troca ao Peixe, por R$ 13 milhões. Vítor Bueno foi artilheiro do time no Brasileirão 2019, com seis gols marcados e terminou a temporada como titular (no lugar de Pato). Seus gols foram importantes para a conquista de pontos no certame nacional. Entre os gols mais importantes, destaco o tento diante do Athletico PR, na magra vitória em plena Arena.

 

O lado financeiro da troca Raniel x Vítor Bueno:

O São Paulo permanecerá com a dívida de R$ 13 milhões com o empresário André Cury, responsável pela compra de Raniel ao Tricolor no meio do ano, mas ao invés de pagar ao empresário em 2020, só começará a pagar em 2021. Aí que mora o perigo. Não acho correto um presidente (seja ele quem for) jogar uma dívida para o seu sucessor. No caso, Leco encerrará o seu mandato no final de 2020 e o próximo presidente herdará a dívida atual. Se Vítor Bueno jogar muita bola ou ao menos for muito bem vendido, todos esquecerão. Se não jogar, o caso será lembrado por conselheiros e torcedores no início de 2021. Podem me cobrar se ninguém falar nada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Tricolor próximo da primeira contratação para 2020: Volpi em definitivo!

O São Paulo está próximo de acertar a sua primeira contratação para 2020. O clube avançou com os termos da negociação envolvendo Tiago Volpi e deverá anunciar a permanência do goleiro em definitivo no final do ano.

 

A contratação ainda não foi sacramentada mas, salvo uma improvável reviravolta, podemos dizer que a vontade do jogador em permanecer se concretizará em breve, mais precisamente após o natal. Volpi pertence ao Querétaro (MEX) e o Tricolor deverá pagar ao clube mexicano a quantia de U$ 5 milhões, divididos em uma parcela imediata referente a 50% do valor e prestações envolvendo o valor restante ao longo do ano.

 

Volpi chegou ao clube no início de 2019 e foi uma das poucas contratações que entregaram o esperado. Recentemente o presidente do Querétaro admitiu a permanência de Volpi no Brasil, classificando-o como ‘goleiro de seleção brasileira’.

 

O goleiro Tricolor foi um dos destaques do Brasileirão 2019, segundo critérios do Footstats. Para mim, foi peça-chave na defesa menos vazada do Brasileirão 2020 e pilar do time titular deste ano.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.