E-Consulters Web - Hospedagem Premium

Search Results For : Temporada 2021

Sem meias verdades: San-São é primeiro teste real deste São Paulo de Crespo!

São Paulo e Santos fazem o primeiro clássico da temporada sob olhares atentos de seus torcedores. Pelo lado do Tricolor, será o primeiro teste de verdade para a equipe de Crespo. Já no lado santista, o técnico Ariel Holan estreia no banco de reservas, juntamente com a equipe titular, ausente nos dois primeiros compromissos no estadual.

 

Sem meias verdades: está na hora de vermos a nova formação atuando diante de uma equipe mais qualificada. Sem menosprezar a Inter de Limeira e o Botafogo de Ribeirão Preto, mas o Santos, com quase todo o time titular será um desafio mais real para a Libertadores e as fases finais do Paulistão.

 

Mesmo sem Marinho, Pará e Kaio Jorge, o Santos conta com a volta de Soteldo e a base da sua equipe titular, vice-campeã da Libertadores 2020. Crespo deve manter a equipe que venceu a Inter em Limeira, com três defensores, Sara e Dani Alves flutuando no meio-campo e Pablo e Luciano na frente.

 

Acredito num jogo mais difícil que os anteriores porém com o mesmo empenho e dedicação apresentados na goleada passada. A zaga santista permite avanços pelos lados do campo e é neste setor que o São Paulo tem que dedicar jogo. A entrada de atletas de velocidade e drible no segundo tempo é uma grande arma para o Tricolor. O espaço é pelos flancos.

 

Meu palpite é 2×0 para o São Paulo, e o seu? Publique nos comentários!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Camisa #1 Adidas São Paulo 20/21: opinião, preço e onde comprar!

A Adidas lançou nesta sexta-feira a nova camisa #1 do São Paulo. O novo modelo tem detalhes bem diferentes dos últimos lançados e os produtos já estão à disposição no site oficial da marca e nas lojas São Paulo Mania, oficiais do clube.

 

 

A nova camisa remete a lendária era Telê no São Paulo. Uma assinatura especial nas costas celebra o 30° aniversário do início do trabalho do técnico no clube, o que a marca entitula como uma “jornada sem precedentes”. A camisa dos jogadores tem a nova tecnologia AEROREADY, que remove o suor para manter o corpo confortável. O produto é feito com Primegreen, uma série de materiais reciclados de alta performance, já dentro do propósito da Adidas, que é no futuro fabricar produtos com materiais 100% reciclados.

 

 

Sobre a camisa: gosto é gosto e se respeita. Não gostei do novo modelo. A história dela é bonita mas visualmente, a gola dividida em duas cores e as listras vermelhas no ombro carregam muita informação que, aliada aos patrocinadores nos modelos de jogo, tende a ficar um carnaval na TV, diminuindo o destaque ao escudo Tricolor, um dos ‘logos’ esportivos mais bem resolvidos do mundo. Para não dizer que não curti nada, as costas da camisa, com as faixas e a nova fonte dos números, ficou bacana.

 

 

Porém, o maior problema não é a estética e sim o preço. R$ 279,90 é salgado demais para a grande maioria dos torcedores, ainda mais na crise que passamos. Entendo que o valor aumentou pela recente técnica de reciclagem do poliéster mas mesmo assim estamos no Brasil e a conta não fecha para a grande maioria dos torcedores do clube.

 

Os modelos masculino, feminino e infantil sem patrocínios estão à venda no site da Adidas e também em todas as lojas São Paulo Mania. Recomendo a compra pelas lojas oficiais do clube, muito afetadas pelo novo fechamento do comércio em São Paulo. A grande maioria das lojas está atendendo delivery e entregam para todo o Brasil.

 

Nova camisa #1 da Adidas.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Sistema de jogo muda com Crespo mas proposta ofensiva continua a mesma!

Em dois jogos, o São Paulo de Crespo já mostra o sistema de jogo que deve dominar a temporada: três defensores fixos em uma variação que vai do 3-5-2, com os alas apoiando o ataque, para o 5-3-2 com os alas fechados na linha defensiva, ou até o 3-4-3, com dois jogadores abertos pelas pontas.

 

Isso é, mesmo variando o sistema, a base de Crespo é a defesa sólida, com zagueiros saindo para o jogo e volantes de mobilidade. Elogiei a manutenção do sistema mesmo com o jogo facilitado em Limeira, quando Crespo poderia tirar um zagueiro para intensificar o setor ofensivo. O São Paulo fez quatro gols, poderia ter feito mais e os três zagueiros continuaram firmes no sistema. Foi a primeira partida em muitas que o time não tomou gol e isso é um bom indicador.

 

Claro que a Internacional de Limeira não é régua alta para uma avaliação mais apurada mas o Campeonato Paulista está aí justamente para isso, principalmente na sua primeira fase e sem pré-temporada. O bom desse começo é que já deu para perceber que o sistema de jogo mudou em relação a Diniz mas a filosofia continua a mesma: procura da posse de bola.

 

Seria ruim começar do zero com outra proposta de jogo, mais defensiva ou reativa. Mesmo com três defensores, a busca pelo protagonismo faz com que o elenco não precise resetar a cabeça nesta nova temporada. As adaptações serão feitas com o tempo, como disse Pablo após a goleada na segunda partida. Aparentemente, o atacante é um dos jogadores que se deu bem com a troca de técnico.

 

É interessante também ver o técnico argentino promovendo mais substituições e dando chance a atletas como Rojas, Hernanes, Nestor e Wellington. Enquanto Diniz acreditava na manutenção de um time titular, Crespo por necessidade ou aptidão roda o elenco. Até Daniel Alves, capitão insubstituível na temporada passada, foi substituído para a entrada do Profeta.

 

Como disse, o parâmetro ainda é baixo mas há algo que se ressaltar neste início de jornada.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

OPINIÃO Inter Limeira 0x4 São Paulo

Jogo consistente e vitória tranquila do São Paulo, em Limeira. Recebidos com protesto e pipoca na porta do estádio, o elenco mostrou aplicação e conquistou a primeira vitória no Paulista de forma segura.

 

Cada campeonato e adversário tem uma avaliação diferente. O nível de exigência da Inter é menor que de Flamengo, Grêmio e outros da série A do Brasileirão; mesmo assim o São Paulo construiu a vitória natural, ainda que tenha perdido chances no primeiro tempo. A expulsão do jogador do Inter no fim da primeira etapa ajudou bastante também.

 

Um modelo de jogo diferente e posicional, mostrou consistência e aplicação. Diferente dos comentaristas, que pediam variação tática devido a facilidade do jogo, Crespo não abdicou dos três zagueiros e eu concordo com essa decisão. O time precisa se adaptar ao jogo com três defensores, com ou sem dificuldade.

 

Os destaques foram Sara (principalmente no primeiro tempo), Pablo e Rojas. Aliás, enquanto esteve em campo o camisa nove participou de todas as jogadas de gol do time no Paulistão, inclusive o mal anulado no Morumbi, diante do Botafogo. Já Rojas finalmente é testado e, na minha opinião, aprovado para ser alternativa no ataque. Seu gol foi bastante comemorado.

 

Enfim, bela vitória num jogo tranquilo e ainda mais facilitado pela expulsão do jogador da Inter. Bons ingredientes para o início de Crespo num elenco que ainda precisa provar muito para o seu torcedor.

 

Nota dos personagens em campo:

 

Tiago Volpi – Um mini milagre numa bola ‘Maradoniana’. Nota: 6,5

Igor Vinícius – Bem no apoio, bom cruzamento para o primeiro gol. Nota: 7,5

Arboleda – Seguro na defesa. Inter de Limeira teve poucas chances. Nota: 7,0

Bruno Alves – Também seguro e sem ser muito incomodado. Nota: 7,0

Léo – Não comprometeu e teve uma atuação tranquila. Nota: 7,0

Reinaldo – Discreto no jogo, pode mais. Nota: 6,5

Luan – Cumpriu o arroz e feijão. Nota: 6,5

Dani Alves – Boa distribuição de jogo mas pode jogar mais. Nota: 7,0

Gabriel Sara – Inicio muito bom. Redenção em relação a estreia. Nota: 7,5

Pablo – Grande partida com gol, assistência e movimentação. Nota: 9,5

Luciano – Bom jogo, com gol e uma “assistência” sem querer a Sara. Nota: 8,0

Rojas, Rodrigo Nestor, Hernanes, Galeano e Wellington Destaque para Rojas que em poucos minutos deu duas pauladas em direção do gol, uma assistência no gol de Luciano e marcou um de pênalti. Que seja o divisor de águas.

 

Crespo – Time bem hoje, seguro e tranquilo, apesar da grande facilidade. Muito bem em não tirar a formação que quer implementar, mesmo com um atacante só da Inter. Precisa fixar o esquema ao elenco. Nota: 8,0

 

PS Os primeiros leitores desta opinião perceberam que havia um IGOR GOMES no meio das notas. Foi resquício da opinião passada e foi retirado, obviamente. No big deal!

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.

Orejuela: ótima contratação!

O São Paulo tem um novo lateral direito. É o colombiano Orejuela, que nos últimos anos passou pelo Grêmio e Cruzeiro e pertencia a Raposa. A informação veio do jornalista Paulo Vinícius Coelho, do GE.com

 

PVC considera Orejuela um reforço de peso para a posição: velocista, ofensivo e bom no sistema defensivo. Concordo com o jornalista e havia colocado Orejuela como primeira opção em um post dias atrás. Entre os três laterais direitos que eu sugeri, Orejuela estava na lista de cima.

 

Na minha opinião, a gestão Casares começou bem no quesito contratações. O primeiro foi Bruno Rodrigues, destaque da Ponte Preta numa posição carente do ataque. A segunda, Orejuela, é mais novo e com característica mais ofensiva que Juanfran.

 

O contrato com o colombiano terá validade até dezembro de 2024.

 

Para acessar outras notícias do Blog São Paulo Sempre clique aqui.

 

Saudações Tricolores!
Daniel Perrone | São Paulo Sempre!

Me siga no Twitter
Me siga no Facebook
Me siga no Instagram

Post aberto para comentários.